Sal e açúcar na alimentação

Merendeiras participantes do Programa Mesa Brasil foram capacitadas em duas oficinas de formação realizadas no Sesc Santo André

O Sesc tem um programa de Segurança Alimentar e Nutricional, chamado Mesa Brasil, que realiza a distribuição de alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização, mas que ainda podem ser consumidos. Baseado em ações educativas, o Mesa Brasil atua com o objetivo de promover a alimentação adequada, a educação alimentar e fortalecer as instituições assistidas.

O programa recebe merendeiras de diversas organizações cadastradas no Sesc e foi para elas que realizamos duas oficinas no Sesc Santo André: a primeira “Menos Sal, Mais Saúde” em que apresentamos alternativas para o uso do sal. A segunda foi sobre o açúcar com o tema “O doce da fruta” em que as participantes puderam descobrir a quantidade de açúcar que estão “escondidas” dentro de alimentos do consumo no dia-a-dia e aprenderam a fazer receitas adoçadas apenas com o sabor das frutas.

“Foi muito bom ver a reação das merendeiras que ficaram impressionadas com algumas receitas que não usaram açúcar e que estavam muito saborosas”, contou Raquel Labonia, nutricionista que comandou o encontro.

O desperdício é um tema que precisa ser cada vez mais discutido e temos orgulho de ser parceiros de um projeto pioneiro como o Mesa Brasil. Aliar o recebimento dos alimentos ao conhecimento de como prepará-los de forma mais saudável é fundamental e esse foi nosso papel no projeto. E o mais recompensador é ouvir o que estamos ajudando a gerar de impacto na alimentação de dezenas de instituições. A Flavia, que trabalha com idosos no Instituto Monsenhor Antunes e é cozinheira do projeto Casa Mais Vida, contou um pouco das mudanças que incluiu na sua rotina.